História de vida: Thayla Fernanda

De um tempo para cá, minha vida mudou inteiramente, sem chance de marcha ré.

Sou Thayla Fernanda Fitz Becalhi, tenho 25 anos, paranaense, formada em administração e… cadeirante. Confesso que tenho dificuldade em me autodefinir dessa forma, mas fiquei tetraplégica aos 19 anos, depois de sofrer um acidente de carro.

Senti medo de sentar numa cadeira de rodas pela primeira vez… Lembro dos meus pais e irmão convencendo que eu tinha perfeitas condições de sair do hospital de cadeira de rodas, mas eu tinha verdadeiro pânico! Passei 49 dias internada na UTI no Hospital Evangélico de Londrina em coma induzido, usando aparelhos para conseguir respirar, sonda para alimentar, fiz traqueostomia, cirurgia na cervical e trauma pulmonar…os médicos me davam apenas 5% de vida…mas Deus me deu 95% de chance…

Quando recebi alta, achei que sairia de lá andando, com minhas próprias pernas. Era demais para mim. A primeira cadeira que eu tive que usar era assustadora!!!

Só depois, fui para o primeiro centro hospitalar de reabilitação Ana Carolina Moura Xavier de Curitiba quando eu já estava mais adaptada, conheci o Hospital Rede Sarah de Brasília e pude sentar na minha companheira, feita especialmente para mim! Quando foi para tirar minhas medidas, a minha fisioterapeuta disse: “É como número de calça jeans, se você veste 38, sua cadeira tem que ser 38”. A Yara foi fundamental para minha aceitação e auto estima!

Ah, já tive uma cadeira vermelha… que é minha cor favorita. Hoje é roxa, escolhi por ser a cor da transformação.

Muita gente me pergunta como consigo me mexer se sou tetraplégica. Cá entre nós, eu gostaria de me mexer muito mais… Mas o fato é que as pessoas têm uma imagem estereotipada da tetraplegia. Todo mundo acha que tetraplégico é aquele que não vai mexer nunca mais do pescoço para baixo. Mas não é isso. Existem diferentes níveis de tetraplégicos.

Toda pessoa que sofre uma lesão medular entre as vértebras C1 e C7 fica tetraplégica. Esse “C” é de cervical. Minha lesão foi entre as vértebras C5 e C6. Quando você lesiona a cervical, é no alto do corpo, então, movimentos de braços e pernas ficam comprometidos.

Além da altura da lesão, também conta a extensão da lesão. E, com isso, se tem mais ou menos chances de recuperar os movimentos.

Desde os primeiros dias de hospital fazia fisioterapia, comecei com exercícios respiratórios (que cansavam muuuuuito!) e hoje já consigo fazer muita coisa! . É difícil explicar a sensação de acordar e não conseguir mover nada do pescoço pra baixo…Cada sessão é um esforço sem tamanho, mas sinto imensa alegria toda vez que consigo fazer exercícios novos.

Era estranho que o braço só levantava, porque eu ainda não conseguia fazer o movimento para voltar. E fisioterapeutas me explicando tudo o que acontecia com meu corpo. “A fisioterapia é fundamental, você voltando a andar ou não”, sempre escutava isso no hospital de reabilitação.

Hoje sei que é bom para manter o tônus muscular, ativar a circulação e evitar o bloqueio articular. No começo, é difícil mesmo, meu corpo ainda estava se acostumando, passei muito mal com quedas de pressão, toda vez que sentava ficava tudo preto e tinha que deitar, aos poucos com treinos foi melhorando.

As sessões de fisioterapias tem muito exercícios para equilíbrio de tronco e força.

Nos primeiros meses tive acompanhamento com uma terapeuta ocupacional, a Carolina Bay, ela foi mais uma profissional fundamental na minha reabilitação. O objetivo foi me dar autonomia as com dificuldades que tinha de executar as atividades da vida diária por conta, por exemplo, de um acidente como o meu. A Carol desenvolveu adaptações especiais (órteses) para que eu pudesse fazer tudo o que eu sempre fiz, coisas normais, mas que ficaram muito difíceis depois que perdi os movimentos: comer, escovar os dentes, pentear o cabelo, passar maquiagem… Ações super banais. Nunca pensei que escovar os dentes fosse se transformar numa missão impossível! Agora a missão já está mais fácil.

Quanto a musculação tive muitos educadores físicos que me apoiaram muito, o Sarah foi fundamental para minha reabilitação…Sou grata por toda a equipe!!!

Digo que a lesão medular é como se fosse os passos de uma formiguinha…devagarinho e com paciência!!! Após 6 anos já conquistei alguns movimentos, conclui minha faculdade e já tive a oportunidade de fazer fotos como modelo cadeirante e de praticar natação como esporte paraolímpico…Bem, acho que tudo tem seu tempo…Espero compartilhar todas essas minhas experiências…Vocês vão ver como a nossa vida é cheia de recordações…A primeira vez que me maquiei após o acidente foi um desastre…mas ficará para o próximo post… 😉

Essa é minha história…Vou ficando por aqui, gente. O blog é formado por mulheres cadeirantes…haverá muitas histórias de vida e terá muitos assuntos interessantes: acessibilidade, fisioterapia, moda, preconceito, relacionamento, resiliência e muito mais…Fiquem ligados!!! Se vocês tiverem alguma dica podem enviar!!! Um grande beijo!!! ;*

182518_385260514865292_1372511531_n01

 

33 comentários em “História de vida: Thayla Fernanda

  1. Thayla…minha amiga linda, quanta saudade, lembro perfeitamente o dia que aconteceu o seu acidente, eu e a Ariane fomos correndo para o hospital na sua transferência. …e depois com seu tratamento ficamos acompanhando de longe. Mas o importante mesmo é ver a mulher que vc se tornou, guerreira, forte, feliz, e sempre lindaaaa, um exemplo de mulher, tenho orgulho em conhecer uma pessoa tão especial como vc!!!! Te desejo tudo de melhor, que Deus o abençoe! ! Beijossss

    Curtido por 1 pessoa

  2. Thayla, conhecemos você há vários anos. Há época do acidente também ficamos chocados. Não tínhamos muito a fazer da parte física, porém tenha que você fez parte das nossas orações diárias por muitos dias. Ainda hoje rogamos a Deus por você e pelas pessoas que passam por situação semelhante. Continue lutando, você é uma guerreira, mas acima de tudo uma vencedora. Que Deus te abençoe sempre. Não desista jamais. Um abraço. Sílvio e Ivone.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Thayla, que bacana a ideia do blog! Parabéns a você todas as cadeiras por toda essa dedicação e força pra superar os tabus. Como você disse, as pessoas tem na mente que a tetrapegia é não mexer absolutamente nada do pescoço pra baixo. Fico muito feliz por você estar aos pouquinhos alcançando seus objetivos. Muitas felicidades e muito mais força.

    Curtir

  4. Antes menina moça, hoje mulher guerreira e confiante em seus propósitos.
    Tenha sempre perseverança que dias melhores virão.
    Não te conheço pessoalmente mas torço muito por você.
    Beijos

    Curtido por 1 pessoa

  5. Valente e poderosa… sei pouco sobre vc mas esse pouco me basta para que vc tenha todo meu respeito…Obrigada por dividir conosco suas angústias e vitórias, certamente ajudará muitos cadeirantes e não cadeirantes como eu!

    Curtido por 1 pessoa

  6. Caríssima Thayla, você não me conhece e eu não te conheço pessoalmente, Faço parte do Movimento dos Focolares que sua tia Iraci participa e nos conhecemos. Quando ouvi sobre o seu acidente, não sei explicar o que senti, mexeu demais comigo. Fiquei a noite toda acordada e não mexi um músculo sequer, chorei por você e pedi a Deus que tivesse um cuidado especial por ti.
    Neste mes de abril fará 1 ano e 9 meses que meu filho Nícolas de 25 anos partiu para o céu, por conta de um acidente de moto. Meu chão sumiu e vivo de saudade e lágrimas, mas procuro pensar que se Deus o chamou ele está bem junto do Papai do Céu.
    Lendo agora a sua história, sua força, sua beleza externa (as fotos ficaram lindas) e beleza interna, compreendi que Deus lhe pede algo grande. Que Deus continue a abençoar-lhe e que seu desígnio seja cumprido conforme Deus pensou para você. Um grande abraço e muitas alegrias por seu caminho que sei será de luz. Edna Kulibaba – 10abr16.

    Curtido por 1 pessoa

  7. Thayla que orgulho de vc mulher!!! Não tem como não se encantar com você. Admiro muito você! Vc é uma guerreira com muitas vitórias para contar, e muitas a ganhar ainda! Saudades!
    Desejo toda a felicidade do mundo a você, e que continue a encantar todos à sua volta com sua força e brilho!!!
    Beijo Loiraaaa

    Curtido por 1 pessoa

  8. Que texto lindo Thayla!! Te admiro muito e espero que vc possa vencer todos os obstáculos que aparecerem em sua vida! Parabéns pela página e pela mulher linda e guerreira que é!! 👏😘

    Curtido por 1 pessoa

  9. Thayla adorei sua publicação e bom pra gente saber de vc como foi. e como vc chegou até aqui e como vc tá superando tudo isso. …ssiba que Deus está de levando nos braços….E nunca vai de abandonar……bjo

    Curtido por 1 pessoa

  10. -Thayla, você é uma pessoa iluminada. Percebe-se pelas suas palavras escritas. Conheço sua história. Seu comportamento e seu sorriso constante me comovem, embora não seja necessário dizer-lhe isto. Não uma comoção de tristeza mas de sublimação da vida, que sinto manifestada em você. Por alguma razão, que só a Providência Divina sabe, aconteceu essa transformação em sua vida. Penso que lhe foi designada uma sublime missão terrena – o que você escreveu já é um luminoso sinal – e tenho convicção de que coisas maravilhosas irão acontecer em sua vida e serão de grande valia para muitos, incluindo aqueles que se encontram em situação idêntica à sua. Você está rodeada de pessoas que te amam e de seres dos planos mais altos que nunca a deixarão só e estão caminhando juntos. Este novo direcionamento em sua vida ocorre porque, certamente, assim fôra escrito pela mão divina. As virtudes maiores não estão necessariamente em nossos movimentos físicos – embora seja um anseio recuperá-los, e queira Deus que isto aconteça – mas estão em sua alma bela e pura. – WALMOR MACCARINI – 11-abril-2016.

    Curtido por 1 pessoa

  11. Eu senti algo muito forte por Thayla quando fiquei sabendo do acidente.Entao te adotei como minha filha espiritual eu sofria rezava chorava mas nunca perdi a fe e vibrei muito quando fiquei sabendo de sua alta no hospital.Eu rezo por voce e ja consegui muitas gracas e conseguimos ir juntas a Lunardeli agradecer e Creio que ainda vamos voltar e contar nossa Vitoria.Amiga adorei seu blog e Deus te abençoe e to esperando nosso lanche da tarde rsrs.bju

    Curtido por 1 pessoa

  12. Thayla….não sei se você lembra de mim, mas estudamos juntas em Faxinal, morei pouco tempo lá..mas nesse pouco tempo conversávamos bastante na época. Fiquei sabendo do seu acidente quando houve e pedi a Deus por você, mesmo longe sempre estive aqui intercedendo por sua vida e fico muito feliz e orgulhosa em ler hoje esse texto! Que você continue mostrando sua beleza interna e externa, suas experiências e sua história de vida linda ao mundo! Te desejo uma vida muito feliz! Beijo

    Curtido por 1 pessoa

  13. Thaila, incrível ver sua superação! Deus te guiou em cada passo, te fortaleceu pra vencer todos os desafios ate aqui, e continuará te dando forças! Parabéns pela pessoa linda que é mesmo com todas as dificuldades, ta guerreando com olhos brilhantes de alegria.
    Desejo a voce ainda mais superação e conquistas.
    Deus te abençoe
    Toda paz pra ti
    Abraço

    Curtido por 1 pessoa

  14. Que história linda, parabéns por compartilhar sua história de vida, você vai brilhar muito, Deus abençoe cada dia, você é uma expiração, prá dar forças a todas as pessoas, um beijo com muito carinho

    Curtido por 1 pessoa

  15. Nunca podemos maginar o que Deus coloca em nossa vida…acredito que nada é por acaso e tenho certeza de que esse passo que vc está dando é realmente a dança mais sublime que suas sapatilhas estão se preparando para o palco da vida…força e nunca se esqueça…vc é uma mensageira de Deus!

    Curtido por 1 pessoa

  16. Thayla…linda como sempre…Deus tem lhe feito vitoriosa e lhe fortalece a cada dia…Muito sucesso!!Como fiquei feliz ao ver seu blog,vc é o maior exemplo de superação que conheço…Fica com Deus!

    Curtido por 1 pessoa

  17. É realmente emocionante ler sua história, não somente pela sua superação física, mas principalmente pela superação mental. Deve ser muito, muito difícil como você mesmo relatou acordar de e não sentir nada, o desespero deve ser gigantesco. São nesses momentos que percebo como valor para as coisas erradas, Deus nos deu a vida, e é nosso dever cultiva-la, parabéns Thayla, pela Blog, pelo relato de sua história, e principalmente por transmitir o amor pela vida. Independente das dificuldades e do receio de começa de novo, você mostrou que é possível, tudo depende de nós.
    Abraços!! 🙂

    Curtido por 1 pessoa

  18. Sempre te achei linda,desde muito nova conviviamos na casa da Tia Iraide. Quando soubemos do acidente minha família ficou muito triste, porém hoje vi que a menina transformou se em uma mulher guerreira e ainda mais linda. Que Deus continue abençoando sua vida, que esses passos de formiguinha venham trazer ainda mais determinação para jamais desistir. Grande abraço

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s